Estou começando e agora? - Cartonagem



Tenho visto nos diversos grupos muitas dúvidas sobre o que comprar, o que é imprescindível ter de imediato entre outras coisas.

Sendo assim decidi fazer este tutorial, agora direcionado a cartonagem.

Espero que possa ajudar a todos que estão iniciando de forma séria e que realmente desejam se tornar artesãos da cartonagem.
Vamos começar?

Vou iniciar explicando o que é cada material e para que serve cada item. 





Horlle ou Papelão Cinza
Ele pode ser encontrado como Horlle ( nome do fabricante e o mais conhecido ) ou papelão cinza. De uma maneira que eu imagino ser o boca a boca, acabou sendo chamado de Holler, Roller, entre outros, mas o nome correto é Horlle.
Há outros fabricantes, por isso pode ser encontrado como Papelão Cinza. Há quem também o chame de Paraná. Imagino eu que seja regionalismo.
O Horlle ou Papelão Cinza é o que nós artesãs fazemos a estrutura de carteiras, bolsas, caixas, entre outros, ou seja, artes em cartonagem..rs..
Existem diversas espessuras: de 0,55mm a 4mm.
Encontra-se para compra em papelarias ou lojas especializadas.
  
Foto ilustrativa Papelão Horlle





Papel Paraná

O papel Paraná é fabricado com a madeira de pinos. É muito utilizado para embalagens, porta chopp e etc. Há artesãos que também o utilizam para cartonagem, seja por preferência ou por ser o material que encontram disponível em sua cidade.
Ele pode ser encontrado em diversas gramaturas de 0,1 a 2,2mm.
Sua cor é bege.
Encontra-se para compra em papelarias ou loja especializadas.


Foto ilustrativa Papel Paraná





Papel Couro

Também utilizado para cartonagem, o papel couro é um papel de cor marrom, com gramaturas que vão do 0,5 a 3,0. É mais maleável que o horlle.
Podem ser encontrados em papelarias.
 

Foto ilustrativa Papel Couro





Papel Cartão Duplex

O papel cartão duplex é o papel utilizado para fazer a parte interna de muitas peças como bolsas e porta-moedas, porta-cartão e suas divisórias e etc.
A parte externa é feita com horlle / couro / paraná e a parte interna com papel cartão, ambos cobertos com tecido e posteriormente colados um no outro.
De cor branca brilhante externamente e internamente, há variações em que pode ser de cor cinza, parda ou branco fosco.


  

Foto ilustrativa Papel Duplex





Base de Corte   

Base de corte é uma placa feita de material que se recompõe aos leves cortes ocasionados pelo estilete ou cortador circular e protegem sua mesa de trabalho. Isto não indica que ele seja eterno, mas quanto melhor a qualidade maior sua durabilidade.
Pode ser encontrado em diversos tamanhos e algumas cores.
Encontra-se para compra em papelarias, lojas especializadas, armarinhos, fornecedores online e com artesãs que revendem.
Obs: Para iniciar uma placa A3 está de bom tamanho. Porém, caso se profissionalize, sentirá necessidade de uma base maior.

Foto ilustrativa base de corte rosa







Estilete

Estilete é a ferramenta que utilizamos para cortar os materiais ( papelão, folhas e etc. ) sobre a base de corte.
Um bom estilete é primordial para um corte preciso. Assim como fazer a troca da lâmina.
Encontra-se para compra em papelarias ou loja especializadas.



Foto ilustrativa estilete



Guilhotina

A guilhotina pode ser utilizada para cortar o horlle. O modelo mencionado em questão, que foi testado por mim, é o da Lassane. 
Caso você compre chapas de Horlle no tamanho A1, o primeiro corte deverá ser feito no estilete para que dê o tamanho da chapa na guilhotina e assim poder dar continuidade nos outros cortes. 
Tem que ter um jeitinho para fazer estes cortes e firmar bem a mão para que a peça não ande durante a passagem do facão.
Apesar de eu ter adquirido a guilhotina para este fim, após o teste não utilizei mais pela força empregada e pelo resultado do corte, ficando assim destinado apenas para refile. O material que uso é de espessura acima de 2.0mm então ao final pelo resultado, pelos acertos a serem feitos depois e etc, não me pareceu um bom negócio em esforço, tempo e resultado final insatisfatório.
A troca do facão, quando for necessário sai em média R$ 40,00 dependendo da região. 



Modelo de Guilhotina para corte de Horlle


Rápido Vídeo demonstrativo do uso da guilhotina cortando Horlle feito pela Flaviani AL
Clique AQUI



Cortador Circular

O cortador circular tem quase a mesma função do estilete, porém é utilizado para corte em tecido também sobre a base de corte.
O estilete é uma ferramenta que corta arrastando e pode puxar o tecido causando falhas no corte.
Já o cortador circular permite que seja cortado apenas passando o cortador e é extremamente preciso resultando em cortes retos e sem muitos fiapos.
Encontra-se para compra em papelarias, lojas especializadas e armarinhos.



Foto ilustrativa cortador circular






Réguas ou Gabaritos de Encadernação

As réguas de encadernação ou gabaritos de encadernação, são ferramentas com medidas determinadas que auxiliam o artesão no momento de fazer o espaçamento na montagem da estrutura de bolsas, carteiras, caixas ou para o corte das margens.
Encontra-se para compra em loja especializadas em encadernação, armarinhos e com artesãs que revendem.
Podem ser encontradas de acrílico, mdf e alumínio.


Foto ilustrativa de régua de encadernação em acrílico
Acrílico



Foto ilustrativa régua de encadernação em mdf
Mdf


Foto ilustrativa de régua de encadernação em alumínio
Aluminio




Fio de Cabelo

O fio de cabelo é um gabarito que permite cortar os cantos de peças quadradas, retangulares de forma precisa, pois se encaixa perfeitamente no canto em “V”, deixando os milímetros necessários para efetuar um ótimo acabamento. Seja para corte do tecido, tecido laminado ou papel.
Encontra-se para compra em loja especializadas em encadernação, armarinhos e com artesãs que revendem.
Podem ser encontrados em acrílico, madeira e alumínio.



Foto ilustrativa fio de cabelo em acrílico






Foto ilustrativa fio de cabelo em mdf






Foto ilustrativa fio de cabelo de alumínio




Ou.. para quem gosta de algo personalizado, pode optar por ferramentas decoradas. Eu acho um charme e tenho também!





Esse lindo kit é da Cibele Cunha. Para ver estes e outros modelos em seu álbum no facebook clique AQUI





Régua de Alumínio

A régua de alumínio é utilizada para guiar os cortes efetuados com estilete ou cortador circular no tecido ou horlle para confecção da estrutura das peças.
Permite que a mão fique mais protegida no momento do corte, pois este material não é frágil como o acrílico ou a madeira.
Encontra-se para compra em papelarias.
Obs: menciono está régua porque é a mais facilmente encontrada, a que a maioria das colegas utilizam, porém recomendo réguas de ferro. O lâmina do estilete aos poucos vai "comendo" a margem da régua, solta pedacinhos e a lâmina pode subir com certa facilidade sobre a régua. 


Foto ilustrativa régua de alumínio
Aluminio



   

A régua de ferro geralmente é encontrada como no modelo acima.
Ela também pode ser encontrada nestes 3 comprimentos, 30cm, 60cm e 100cm ou 1 metro.
Quando puder investir é uma boa pedida. Uma régua maior auxilia no momento do corte de peças grandes sem ter que ficar reposicionando a régua podendo perder assim a referência da base de corte.
No caso também possuo uma base de corte A1. Se costuma cortar peças ou tecidos maiores que A3, coloque na listinha de investimentos.


Tesouras

As tesouras são um item importantíssimo no trabalho. Muitas coisas podem ser feitas com estilete e cortador circular, mas de forma prática são ferramentas que é sempre bom ter a mão para corte dos cordões encerados, fitas e outros itens que for utilizar.
*Dica: Separe e acostume-se a utilizar uma tesoura apenas para tecido e outra apenas para papel. Isso preservará o fio por mais tempo.
Encontra-se para compra em papelarias e armarinhos.
  


Foto ilustrativa modelo de tesoura





Espátula de Plástico

A espátula é utilizada para alisar o tecido no momento de sua aplicação sobre a peça de horlle já com cola. Assim garante-se que o tecido ficará lisinho, sem bolhas ou amassado sobre a capa.
Encontra-se para compra em casa de materiais para construção.


Foto ilustrativa espátula de plástico






Cola

A cola que utilizamos é a extra-forte, do rótulo azul.
Esta cola pode ser encontrada em papelarias.
  

Foto ilustrativa cola branca






Cola de Contato

A cola de contato é uma cola utilizada para determinados processos da cartonagem. Também conhecida como cola de sapateiro em alguns locais. Ela é utilizada geralmente para colagem dos foles ou no uso de manta acrílica.
São encontradas em latas e bisnagas.
Pode ser encontrada em lojas de artigos para sapateiro, tapeçaria e artesanato.
A marca abaixo é meramente ilustrativa***


Foto ilustrativa cola de contato em bisnaga





Foto ilustrativa cola de contato disponível em lata



Termocolante

O Adesivo Termo Colante é uma espécie de tela que possui cola em ambos os lados, esta superfície adesiva adere ao tecido depois de aquecida, facilitando seus trabalhos artesanais e de confecção.
Usa-se para fazer os foles, principalmente.
Encontra-se em armarinhos e online.
  







Pincel

O pincel é utilizado para passar a cola no horlle antes da aplicação do tecido.
Pode ser comprado em papelarias e lojas de artesanato.



Foto ilustrativa Pincel usado para passar cola.






Rolinho de espuma.
O rolinho de espuma é utilizado para retirar o excesso de cola, sendo utilizado diretamente ou após a cola ser passada com pincel.
Pode ser encontrada em lojas de materiais de construção.
  


Foto ilustrativa rolo de espuma





Tecido

O tecido mais utilizado são os tecidos 100% algodão.
Encontramos em lojas de tecidos pelo nome de Tricoline.




Foto ilustrativa tecido 100% algodão - tricoline





Botões imantados / fechos imantados

Os botões imantados são utilizados para fazer o fechamento de bolsas, carteiras entre outros.
São utilizados em dois tamanhos – grandes e pequenos.
Podem ser encontrados em dois formatos – alto ou baixo/chato.
Também estão disponíveis em prata, dourado e ouro velho.
Disponíveis para compra em armarinhos.
  
Foto ilustrativa botão imantado chato
Baixo / Chato



Foto ilustrativa botão imantando apresentando suas travas 
Travamento



Foto ilustrativa botão imantado dourado
Dourado



Foto ilustrativa botão imantado alto
Alto




Elástico

Geralmente é utilizados o elástico chato ou algum decorado.
É encontrado em armarinhos.


Foto ilustrativa elástico chato colorido





Foto ilustrativa de elastico chato estampado









Agora vamos a pergunta principal: o que é imprescindível para começar?





Para começar precisamos de:



Base de corte

Régua de Alumínio/Ferro

Estilete

Réguas de encadernação

Fio de cabelo

Tecido 100% Algodão

Horlle / couro / paraná

Cartão Duplex

Termocolante

Cola

Pincel

Rolinho

Espátula

Botões imantados

Um ótimo curso de cartonagem!!!   ;-)









Por hoje é isso.

Em breve outro post.

Aguardem!!!



 


79 comentários:

  1. Você é ótima! Muito obrigada pela sua ajuda, pela sua boa vontade! Com certeza suas dicas nos ajudarão muito. Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal sua ajuda Daniela! Parabéns pela sua iniciativa e obrigada por compartilhar! abraços! Fernanda.

    ResponderExcluir
  3. Daniela, encontrei seu site através d'As Papeleiras. Estava procurando por dicas de cartonagem e encadernação. Achei simplesmente fantástico da sua parte dividir essas informações com todos os curiosos!!!!
    Muito Obrigada!

    Não sei se você pode me ajudar, mas gostaria de fazer umas perguntas:

    Na técnica da cartonagem, é preciso laminar o tecido?

    Essa semana, tentei fazer uma caixa maleta, e o papel paraná deu uma "entortada". Será que eu devia ter deixado as peças prensadas? Ou devia ter laminado o tecido?

    E para colar as paredes da caixa, uso cola de contato?


    Obrigada novamente!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma observação, é melhor fazer com o pelao cinza ou horlle em peças que exigem mais estrtura, pois o paraná é mais maleável. Algumas aulas q eu fiz aconselharam até colar uma lamina na outra para dar melhor firmeza.

      Excluir
  4. Olá Fabiane. Obrigada por prestigiar o blog.
    Vamos as perguntas.
    Laminação na cartonagem - eu não costumo laminar os tecidos para minhas peças de cartonagem. Porém deve-se observar um bom horlle para que ele não tenha saliências. Digo isso porque trabalhar com tecidos lisos é a parte que mais exige atenção em todo o processo, pois mancham com extrema facilidade a excesso de cola e porque o liso deixa transparecer os defeitinhos do material. Já tecidos estampados nos poupam desta preocupação...rs...Também não costumo porque em diversos processos a parte externa ou interna tem uma camada feita com duplex, que tem sua superfície bem lisa. Sendo assim realmente não lamino por acreditar que não se faz necessário.
    Geralmente todo material utilizado ref. a papel, ainda que tenha mais camadas como o horlle ou paraná, como você comentou, ao ser umedecido com a cola provavelmente ele envergará, principalmente quanto maior for o seu tamanho. Por isso, eu corto todas as peças, colo o tecido em todas de uma vez e coloco sim na prensa ou pilha de livros, deixando um espaço de tempo razoável antes de montar. Isso evita sim que a peça fique defeituosa ao encaixar as partes.
    Todo o processo utilizo cola branca extra forte. Não costumo usar cola de contato para colar as estruturas.
    Espero ter sanado suas dúvidas.
    Abç

    Daniela - Lallana Atelier

    ResponderExcluir
  5. Daniela, você não sabe o quanto me ajudou!!!
    Muito obrigada!!!
    :)
    Essas dicas parecem simples, mas são super importantes pra quem tá começando!

    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço a gentileza em comentar o post.
      Esse feedback ajuda muito a pensar em próximas postagens.

      Daniela - Lallana Atelier

      Excluir
  6. Muito útil, obrigada!
    Maria Luiza

    ResponderExcluir
  7. Ótimas dicas!! Ajuda mto!! Tem algum produto qure podemos usar no tecido para evitar sujar depois de pronto?
    Jessica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.
      Eu particularmente não utilizo nenhum impermeabilizante porque não encontrei nenhum que me agradasse no resultado final.
      De todos que já ouvi falar, o que mais comentam quanto satisfação foi o Scoth Gard da 3M.
      Porém também soube que o mesmo deve ser reaplicado de 6 em 6 meses.

      Excluir
  8. Oie tudo bem. Sabe se existe algum lugar para eu levar o papel holler e eles cortarem ja na medida que preciso?obrigada

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Tudo depende da região onde você mora.
    Eu recomendaria o corte a laser. Então busque locais que trabalhem com corte de acrílico a laser, geralmente eles também tem o equipamento que atende ao horlle.
    Há também quem trabalhe com faca de corte. Porém eu recomendaria corte a laser.

    ResponderExcluir
  10. Daniela bom dia! Vou começar o curso de cartonagem pelo Instituto Brasileiro do qual começo a me arrepender, pois mandei perguntas ao professor e até agora não obtive resposta; mas vamos ao que interessa. Moro em Curitiba/PR., e como tenho uma limitação para caminhar não tenho condições de sair procurar o material necessário e estou encontrando certa dificuldade em relação de onde comprar alguns dos papéis necessários como: papel triplex alta gramatura, o color set, papéis especiais alta gramatura, papéis de presente especiais e até mesmo o cartão paraná. Você poderia me ajudar nesta questão indicando uma loja específica e que tenha loja virtual? Porque se não encontrar terei que desistir do curso, cujo custo não é baixo não. Estava super ansiosa, pois como disse, tenho limitação para caminhar e ficar sentada o dia todo sem poder fazer muita coisa é complicado e de mais a mais, adoro artesanato e me identifiquei com a cartonagem. Mesmo que não possa me ajudar eu agradeço, e quero dizer que adorei seu blog. Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Fico feliz que tenha entrado em contato. Espero poder ajudá-la.
    Apenas solicito que envie um email para lallana.atelier@gmail.com
    Não sei se sabe mas moro em Curitiba, então tentarei passar informações da maneira mais detalhada possível, para em breve, ver lindas fotinhos de suas peças.
    Então, por gentileza, envie este email o mais breve possível e lhe responderei.
    No aguardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniela! Já enviei o e-mail e adorei saber que você mora em Curitiba; espero que dê tudo certo.
      Muito obrigada pela presteza da resposta!
      Um grande abraço!

      Excluir
  12. Oi adorei a postagem , porem senti muita falta dos preços
    pois é isso que estou procurando a dias , morando em uma cidade que é muito dificil encontrar e as coisas são um pouco caras , queria me embasar antes de investir , porem estou muito tentatada a começar a trabalhar com cartonagem
    mas preciso muito de sua ajudar quanto aos preços pelo menos uma base ;vc poderia me ajudar ?
    Desde já agradeço
    ah... e tbm gostaria de saber se posso colocar fecho de ferro em papel paraná
    e o preço e onde encontro papel couro ?
    e como pode ser feito a pintura em papelão pois ouvi falar que tem que lixar a peça primeiro
    em fim não sei com se faz
    vc poderia ajudar sobre isso tbm ?
    muito obrigada vc é otima beijos lídia

    ResponderExcluir
  13. Olá Lídia
    O objetivo dos posts é dar condições a todos que busquem as ferramentas sabendo seus nomes corretos e tenham conhecimento para diferenciá-las e comprar as que melhor lhe atendem.
    Infelizmente não cabe a estes posts informar valores porque há muitas variáveis: loja física x loja virtual x frete além de que eu teria que fazer uma pesquisa de mercado gigantesca por informações que ficariam obsoletas em questão de semanas.
    Então com os nomes corretos das ferramentas e materiais, assim como mencionando onde podem ser encontrados, é que cada um posso buscar o ideal para seu objetivo. É possível comprar pela internet, loja física, aguardar uma viagem, pedir para alguém enviar, porém o importante é saber pedir exatamente o que quer. Lembrando que você não mencionou onde está..rs..
    Neste sentido, como varia demais de local para local, são pormenores a se considerar que não são possíveis publicar e fazer com que as informações sejam realmente úteis.
    Quanto a fechos, eles podem ser colocados sim. Observar que papel paraná, couro e horlle são diferentes, tem diferentes gramaturas e desde que tenham uma "firmeza" a qual recomendo seja média 2 mm é possivel sim.
    Papelões diversos você poderá encontrar em distribuidoras de papéis, papelarias e papelarias especializadas como para arquitetos, engenheiros, desenhistas e etc.
    Sobre pintura em papelão eu não trabalho com esta técnica, então infelizmente neste quesito não poderei informar. Agora até eu fiquei interessada buscarei informações a respeito e postarei em breve :-D

    ResponderExcluir
  14. Respostas
    1. Ola Gabriela
      Obrigada!!!
      Já estou me organizando para complementar com mais postagens e novidades.

      :-)

      Excluir
  15. Olá, seus posts são ótimos para quem está começando.
    Posso usar papelão de reciclagem tipo caixa de sapatos?
    obrigada
    sonia

    ResponderExcluir
  16. Olá, seus posts são ótimos para quem está começando.
    Posso usar papelão de reciclagem tipo caixa de sapatos?
    obrigada
    sonia

    ResponderExcluir
  17. Olá Regina
    Eu conheço dois tipos de caixas de sapato. Um que o papelão é bem fino e flexível. Outro que é mais duro, porém se não me engano o papelão não é compacto.
    Partiuclarmente eu recomendaria apenas este do papelão fino para ser reutilizado fazendo a parte em peças do papel duplex ou cartão. O outro,se é o que estou pensando não penso que daria estrutura e durabilidade a peça. Neste caso sigo recomendando o horlle. :-)

    ResponderExcluir
  18. Amei,vc é ótima...Essas dicas ajudam muito...Obrigada,por compartilhar...Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Roberta!

      Muito bom saber que é útil e que gostam da linguagem utilizada.
      Inspira a postar mais..rs..

      Slds

      Excluir
  19. Olá, gostei muito do seu post. Quero começar a fazer cartonagem, gostaria de saber onde posso encontrar esses materiais em Curitiba. Parabéns pelo seu trabalho!

    ResponderExcluir
  20. Olá, gostei muito do seu post. Quero começar a fazer cartonagem, gostaria de saber onde posso encontrar esses materiais em Curitiba. Parabéns pelo seu trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu compro na Grafitti Papelaria Mariana. Tem a maioria do que se necessita e o preço é digno..rs...

      Abç

      Excluir
  21. Olá, existe algum equipamento que corte o horller em círculos?

    ResponderExcluir
  22. Olá! Muito legal seus posts. Preciso cortar 700 bandeirinhas em tecido (para um casamento). Você conhece quem faça corte a laser aqui em Curitiba? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu trabalho com a Dynamic Laser - Fala com o Ronaldo

      Abç

      Excluir
  23. Olá, Seu blog é simplesmente MARAVILHOSO. Dicas muito preciosas.
    Faço cartonagem há alguns meses, e até hoje só fiz com tecido; gosto muito, mas queria me aventurar na cartonagem com papel. Qual papel você me indicaria? Exite algum papel imprimível que se adeque a cartonagem?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda
      A cartonagem depende muito da peça para poder utilizar papel.
      Eu particularmente evito utilizar e se utilizo, busco de forma que possa utilizar o papel com contact translucido e caso seja algo que tenha atrito frequente. como caixa por exemplo, busco adicionar pés e etc.
      Gramaturas altas tem que ter a preocupação do lado da fibra para não quebrar e ficar feio nas dobras. Então penso que para utilizar papel exige diversas preocupações e cuidados, além de não poder garantir a durabilidade já que é um material que arranha, por ser feito em camadas principalmente se for de scrap pode descascar.
      Para mim não existe o NÃO nem o NUNCA... sempre digo que é bacana testar e tentar se adaptar ou descobrir uma forma de produzir a qual se adeque.
      Eu evito exatamente pela durabilidade e por não achar para esta técnica o uso de papel com contact interessante como é para encadernação, por exemplo.
      Papel imprimível a questão não seria talvez ser ou não, mas que tamanho usaria? Que peça quer fazer e quanto custaria? Porque provavelmente terá que fazer em gráficas.
      Realmente não saberia recomendar um papel específico porque as características de papel para impressão x papel que seja adequado para cartonagem são bem diferentes.
      É realmente o caso de experimentar.
      Abç :-)

      Excluir
  24. Olá. .vc sabe me informar onde encontrar papel couro em Curitiba? Obgda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana

      Desta vez vou ficar te devendo... Eu não trabalho com o papelão couro então nunca procurei para comprar aqui para poder lhe recomendar com certeza!

      Abç

      Excluir
  25. Muito obrigada pelas informações, foram muito valiosas para mim que estou aprendendo sobre esta técnica agora. Um abraço!

    ResponderExcluir
  26. Muito obrigada pelas informações, foram muito valiosas para mim que estou aprendendo sobre esta técnica agora. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Espero ver muitos trabalhos seus num futuro próximo.

      Slds

      Excluir
  27. Olá, sabe me dizer se no lugar de usar tecido eu posso usar um papel 180g e nele imprimir o que eu quiser?

    ResponderExcluir
  28. Max

    Depende do uso. Como vc não foi específico..rs.. vou generalizar. Por ex: se estivermos falando de encadernação, fazer uma capa para lombada exposta, tratar o papel impresso com papel contact translucido, sim pode.
    Se tratando de cartonagem, se for para algo específico, uma parte, uma aplicação sim. Se for para revestimento eu não indico, mas se conhece minha postura sabe que nunca digo NÃO PODE, NÃO DEVE. Digo que dificulta o trabalho e o papel ainda que 180g tem menor durabilidade que um tecido ou tecido laminado.

    Slds

    ResponderExcluir
  29. OI ACHEI MUITO LEGAL O SEU POST SOU DE CURITIBA TBM SERÁ QUE VC PODERIA POR FAVOR ME INFORMAR ONDE COMPRAR PAPEL HOLLER AQUI, POIS SÓ CONHEÇO UMA LOJA, MAS QUERIA SABER DE MAIS, DESDE JÁ MUITO OBRIGADA BJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laços e Fofuras.
      Vou considerar a pergunta para pessoa física, não jurídica, sendo assim seria pouca quantidade, ok?
      Se for para comprar placa A1 com preço digno uma loja seria Grafitti papelaria, fica ali no Center Everest próximo a Osório.
      Se for para comprar em tamanhos menores como A3 por exemplo, não sei se você sabe a fábrica da Horlle é em Campo Largo. Agora eles tem a Stratis, que é a loja para pessoa física. Você pode comprar pela internet ou ir até lá retirar.
      Slds

      Excluir
  30. Olá: ainda bem que você tem boa vontade de ajudar as pessoas...porque tem gente que não gosta de ajudar. E tudo que se faz aos outros volta em dobro, você sabe. Parabéns.
    Tenho uma dúvida: Qual é o papel mais duro? O Horlle, ou o Paraná?
    (Pergunto porque vou comprar pela Internet, sem ver antes)
    Agradeço pela gentileza da resposta. beijão.

    ResponderExcluir
  31. Obrigada pelas palavras Fernanda.
    Duro é uma pergunta relativa e quanto a qual dois 2 também.
    Explico: como sabe o Brasil é enorme então há locais que chamam o Horlle ou papelão cinza de Paraná, tem gente que vende como Panamá, o cinza chamam de Holler não HoRlle...rs.. e por aí vai. Eu até hoje só trabalhei com cinza, até porque por ser mais fácil nunca busquei trabalhar com outro.
    No quesito qual mais duro, eu acredito que o importante independente de qual dos dois seria a espessura. Um Horlle de 1.6 por exemplo é super flexível, quanto o de 2.2 ou 2.6 eu uso para caixas e capas de caderno pela rigidez.
    Sendo assim minha resposta seria, o importante é a gramatura. Na minha pesquisa na época do que escrevi o post é que o Paraná tem até 2.2mm. O Horlle tem até 4.0 conforme mostruário. Tudo depende da finalidade e em que região do país você está.
    Por ser o que eu trabalho eu recomendo o papelão cinza, porém seria legal você se informar conforme a finalidade qual é mais usado.
    Slds

    ResponderExcluir
  32. Respostas
    1. Oyeee
      Eu que agradeço a visita!!
      Estou preparando as novidades para 2016 e entre eles estruturando um novo blog. Então em breve mais novidades!
      Slds

      Excluir
  33. boa noite, achei seu blog perfeito e vi que vc sana as duvidas de todos, por favor vc me falaria qual gramatura de papelao cinza ou parana seria ideal para cortar com faca, e seria maleavel? exemplo: quero fazer uma faca em forma de caixinha, porem quero cortar no papelao cinza ou parana, é possivel?? grata Fabiana

    ResponderExcluir
  34. Olá
    Eu até fui confirmar a informação antes de responder.
    As facas cortam qualquer gramatura, porém quanto maior a gramatura como por exemplo 2mm vai forçar um pouquinho mais tanto a faca quanto o equipamento. Faz, mas pelo que me foi explicado a vida útil dela talvez seja um pouco menor. Eu recomendaria para espessuras maiores que 2mm se for em quantidade razoável faça corte a laser. A caixinha, depende qual caixinha e para qual finalidade. Eu só faço caixas acima de 2mm de espessura por ser o estilo que eu trabalho. Mas por exemplo aquelas caixinhas de doces, sabonetes, que geralmente tem visor em acetato, elas são feitas em papel duplex ou triplex por exemplo, então são super tranquilas para corte com faca. São situações específicas e você não mencionou o uso, mas de uma forma geral espero ter esclarecido.
    Slds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria uma caixinha simples, para por algo leve, porem quero ela mais robusta do que o duplex, a duvida era se o papelao pode ser dobrado a ponto da faca cortar e vincar nas dobras , deu pra entender?? fabiana

      Excluir
  35. Olá.
    Seu blog é genial. Congratulações. Faço encadernações como hoby e notei, lendo comentários, que há uma dificuldade en colar panos, papeis e cartão pelo enrugamento. Evito este problema usando COLA PARA ISOPOR E E>V>A, é uma cola muito resistente, atoxica, de secagem rápida ecusto igual ou menor que a cola branca, se comprada em litro.
    Um gfraternal abraço, WB

    ResponderExcluir
  36. Obaa!!! Obrigada pela dica.
    Olha aí pessoal, vale a pena testar e ver se vocês gostam do resultado.
    Assim que possível eu vou utilizar!!!
    Slds

    ResponderExcluir
  37. Olá, primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo blog! Muito bom!
    Gostaria de saber qual a melhor ferramenta para cortar o papel cinza com gramaturas de 2.2mm, no máximo 3mm?
    Você sabe onde posso comprar placas de papel cinza com um bom preço online?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      O maior problema sempre foi o corte do papelão cinza. Não tem como escapar..rs.. O que eu digo é assim: pouca quantidade - estilete. Muita quantidade vale a pena corte a laser ou gráfica.
      Tudo depende da região que você mora. Há lugares que vendem o horlle e que oferecem o serviço de corte. Mas até onde sei, deve ser tudo do mesmo tamanho. Vale a pena se informar quanto aos dois casos - mandar fazer em gráfica caso haja ou se o local que vende corta.
      Já quanto a compra de papelão cinza eu compro na Stratis que e a loja varejo do fabricante Horlle.
      Caso você more em SP posso sugerir a Papelaria Universitária - PU ou se você morar no RJ tem a Diplomata. Ambas, até última informação, vendem e cortam.

      Slds

      Excluir
  38. Ola adorei, estou começando na cartonagem e queria saber por que vc não gostou da guilhotina e pela força que faz para cortar? Ou tem outra coisa que a desagradou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      Eu possuo guilhotina e não a utilizo para cortar horlle.
      Eu utilizo papelão cinza no mínimo 2.2 Isto é um padrão de confecção que eu estabeleci para as peças artesanais Lallana. Considerando esta espessura, é necessário fazer muita força tanto para cortar quanto para segurar a peça já que a tendência do facão é empurrar. Considerando que o corte mais próximo da alavanca é o melhor executado, o restante é onde se faz mais força. Para as espessuras que uso, é necessário força demais para um acabamento que não fica satisfatório. Para mim, perde-se o propósito de cortar com a guilhotina se após eu preciso fazer acertos ou acabamentos desperdiçando mais tempo. E consertos sempre saem pior que algo bem feito de 1a x.
      Porém, para refile de miolo a guilhotina é ótima e não tenho problemas. Por ficar bem feito me poupa muito tempo. Se eu utilizasse horlle mais finos, olhando aqui no mostruário diria no máximo 1.5, creio que a guilhotina seria perfeita! Pode ser que exista quem use e ache prático ou que funcione. Eu testei e não aprovei (para o material que eu utilizo, para meu padrão de qualidade e para o que eu considero esforço necessário ou desnecessário). Prefiro meu lindo estilete e uma lixa, pronto! Partes lindas e bem acabadas sem muito esforço, até porque o "pulo do gato" do corte com estilete não é a força, mas sim repetição. É isso..rs..

      Slds

      Excluir
  39. Denise Dias Folco15 de julho de 2016 09:42

    Olá, já faz tempo que procuro explicações sobre cartonagem, sou professora, mais amo passar o as horas vagas olhando coisas lindas que se faz com cartonagem, nunca encontrei um post que ajudasse,explicasse como você fez, apenas mostram,haverá um congresso em minha igreja e quero dar de lembrança uma agenda dentro de uma caixa, poderia comprar, mais aos meus olhos feito à mão tem muito mais amor ,assim como você que tenho certeza que ao dividir desta forma o que sabe o fez com muito amor, carinho. Muito obrigada pelas dicas, pelo desprendimento em tomar esta atitude,neste meio pessoas como você são raras, Deus abençoe por doar o que sabe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise
      Comentários como o seu são um grande incentivo. Obrigada
      Realmente artesanato é uma arte que não exige apenas conhecimento, mas muito amor pelo que se faz. Em cada peça vai nosso carinho, nosso sentimento e o desejo que quem o adquire sinta e tenha com o pensamento querido seja por quem fez como por quem presenteou.
      E obrigada por seu carinho em deixar esta linda mensagem.
      Mais uma vez obrigada!!!

      Excluir
  40. Parabéns!! me ajudou muito! obrigada pelas informações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila
      Fico feliz em ajudar, tentei escrever da forma mais simples para que todos possam conhecer a técnica artesanal e quem sabe se apaixonar por ela como eu...rs..
      bjoka

      Excluir
  41. Muito bom seu site! Parabéns!!
    Quanto ao papel para fazer bolsas e carteiras, já vi pessoas indicando o horlle e outras indicando o couro. Não sei qual utilizar!? Qual é o melhor realmente!?
    Obrigada.
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani
      Com mais detalhes respondi inbox, porém para registro eu uso e sempre indico Horlle original.

      Slds

      Excluir
  42. Não sou nenhuma exper em Cartonagem e artesanato. Mais vou me arriscar a fazer alguns itens pro meu casamento :) e tem muita cartonagem nos planos. RS JA ESTOU AMANDO. SUAS DICAS FORAM ÓTIMAS . PARABÉNS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Janine
      Eu sempre imaginei que se um dia casasse, não sei onde encontraria tempo, mas haveria muitos itens feitos por mim.
      Tenha certeza que fará toda a diferença com suas próprias peças.
      Certeza que será uma linda festa!!!!

      Slds

      Excluir
  43. adorei a dica...me indica algum curso on line.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Ana
      Eu certamente recomendo os cursos da Alice Yoshioka.
      Ela tem um curso bem completo no Canal do Artesanato onde ensina a medir, cortar e criar seus próprios moldes, inclusive. Dá uma olhadinha lá e se for de São Paulo, não perde a oportunidade de fazer um curso presencial.
      bjokas

      Excluir
  44. Oi Lallana !!!!!
    Tdo bem?
    Gostaria de saber se vce conhece algum atelier de cartonagem, que ensina fazer caixa de papel holler e depois revesti com o papel kraft ai a cxa fica bem lisa e ja no ponto de revestir.
    Se possivel acha pra mim nao estou conseguindo achar!!
    Bjos!!!
    Fatima
    fatima2109rocha@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fátima
      Independente do material, quem trabalha com cartonagem pode sim fazer o revestimento que necessita.
      O ideal seria saber sua cidade para eu poder ajudá-la melhor.
      bjokas

      Excluir
  45. Parabéns!!! Realmente vc está tirando minhas duvidas. Estou tentando me aventurar na cartonagem, pois vou me casar e estou querendo fazer as lembrancinhas para madrinhas e padrinhos. Então quero fazer umas caixinhas em cartonagem e me arriscar a fazer um calendário permanente. Obrigada por tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz Caroline.
      Quando iniciei estas postagens, o intuito foi realmente ajudar as pessoas que querem iniciar na cartonagem e saber os materiais e ferramentas fundamentais.
      Desejo boa sorte, que bom que o bichinho da cartonagem te picou e espero ver muitos dos seus trabalhos por aí.
      bjokas

      Excluir
  46. vou comecar a fazer cartonagem achei maravilhosa as dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rosana
      Gostaria de poder complementar com mais informações, mas o dia ainda só tem 24 horas.
      Mas vou tentar este ano postar mais novidades.
      obrigada pela visita.

      Excluir
  47. Excelente sua explicação!
    Até mesmo para o mais leigo, elas foras esclarecedoras.
    Parabéns!
    Bjos

    ResponderExcluir
  48. Olá Francielle
    Fico muito feliz. Tentei usar toda a didática possível afinal, a ideia era que fosse acessível a todos. E se foi acessível e agradável fico mais feliz ainda.
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
  49. Ola, nao consigo fazer os cortes presisos das caixas mesmo tendo um bom edtileto como faço pra ficar bem retinhos.obrigado vc explica muinto bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Louca
      Para um bom corte alguns passos são interessantes de se seguir:
      - Risque as medidas tendo em mãos réguas de boa qualidade. Aproveite para conferir utilizando esquadros ou se tiver régua de patchwork;
      - A régua não pode deslizar, portanto segure-a firmemente. Caso queira pode utilizar o peso do corpo;
      - O estilete deve ser passado diversas vezes sem fazer força. A força é sempre na régua, mas o estilete deve ser passado quantas vezes forem necessárias sem forçar.
      Geralmente com estes passos é possível fazer um bom corte e bem limpo.

      Slds

      Excluir